8 de mar de 2012

Pollyanna Marques comenta o filme “Desejo Proibido”




Um filme que te leva a emoções extremas passando pela dor, indignação, tesão e alegria...”Desejo Proibido” (If The Walls Could Talk 2), nos relata três histórias de relacionamentos lésbicos, em uma mesma casa, em tempos históricos diferentes, o que nos leva a uma diversidade de personagens e situações. Choramos com Edith (Vanessa Redgrave ) a perda da companheira de uma vida toda.


Nos apaixonamos com Linda (Michelle Williams), feminista que é expulsa do grupo de mulheres que ajudou a criar e torcemos junto com Fran e Kal (Sharon Stone e Fran Ellen DeGeneres) que querem um bebê.

As histórias são emocionantes e fluem com uma naturalidade maravilhosa, tem personagens marcantes e atuações muito boas. Merece um destaque especial as cenas mostradas no início e na transição das histórias, cenas de momentos reais de caminhadas e protestos.



Para além de outras coisas, esse foi o primeiro filme explicitamente lésbico que assisti, junto a uma avalanche de emoções. O revi várias outras vezes e nestas voltei a sentir a sensação gostosa e orgulhosa de ser lésbica e desfrutar dos meus amores e minhas histórias...


Pollyana Marques é ativista do Grupo Colcha de Retalhos, Servidora Pública e graduanda em Letras na UFG.

Nenhum comentário:

Postar um comentário